aparelhos auditivos

Aparelhos Auditivos

Tecnologias (modelos)

Audição

Curiosidades

Dicas úteis

Diversos

Links

Notícias

Contato

Dúvidas + frequentes

Como funciona um Aparelho Auditivo?

O aparelho auditivo é um dispositivo eletrônico que tem a função de amplificar as ondas sonoras, de forma que uma pessoa com perda de audição possa ouvir os sons que nos circundam.

Ele é composto de um microfone que capta as ondas sonoras e as transforma em informações eletromagnéticas. Estas informações são amplificadas por um microcircuito e, após a amplificação, são novamente convertidas em ondas sonoras pelo receptor, possibilitando que o usuário deste aparelho ouça os sons de forma amplificada (aumentada).

Seu funcionamento é possibilitado pelo uso de baterias específicas para estes tipos de dispositivos, sendo diferentes para cada tipo de aparelho.

Um aparelho auditivo tem como finalidade ajudar as pessoas com uma perda auditiva a perceber os sons. Atualmente, graças ao desenvolvimento da tecnologia digital e a um design bastante avançado, é hoje possível encontrar aparelhos auditivos tão pequenos que podem ser colocados no fundo do canal auditivo – sem prejuízo da reprodução sonora, a qual é tão clara e cristalina, como de um CD se tratasse.

Os ruídos de fundo sempre constituíram um dos maiores problemas dos utilizadores de aparelho auditivo. Os aparelhos digitais avançados são capazes de reduzir os ruídos e realçar os sons, que são importantes para compreender a fala. Este processo realiza-se automaticamente dentro do aparelho auditivo sem que o utilizador se aperceba disso.

aparelhos auditivos e ouvido

Molde

É importante que o molde esteja colocado corretamente e seja feito de forma a assentar da maneira mais conveniente no ouvido do utilizador, em parte para evitar dores e incômodos quando o molde estiver em uso, e em parte para obter a melhor função do aparelho auditivo. Uma forma apropriada do molde contribui para medir o fenômeno da alimentação acústica (assobios) e um canal de ventilação furado pode reduzir a sensação de ter o ouvido “entupido” ou se estar a falar “dentro de uma pipa”. Um molde que não assenta bem ou que aperta porque está mal colocado, pode numa má utilização do aparelho. Se o utilizador não for capaz de colocar o molde corretamente, necessita de ajuda.
O Molde deve ser trocado anualmente em caso de adultos e de seis em seis meses em caso de crianças.

Tubo

É importante que o tubo que liga o aparelho retro-auricular ao molde tenha um comprimento correto e que esteja limpo, inteiro e flexível. Se o tubo estiver curto o utilizador terá uma sensação de esticamento desagradável no molde e o aparelho assobia; se o tubo estiver demasiado comprido, a colocação do aparelho pode ser difícil. O tubo também pode ter um cotovelo que impeça o som de sair. Tanto o molde como o tubo deverão estar ambos limpos.
O Tubo deve ser trocado de três em três meses ou quando estiver ressecado.

Colocação do molde no ouvido

A proteção ou o arco deve estar virado para trás – o tubo deve ser empurrado para cima – segura-se no arco ou na ficha e coloca-se o molde. O molde deve ser colocado de trás e ao invés. Para o assistente, o mais fácil é ficar atrás do utilizador. Pode ajudar a puxar o ouvido um pouco para trás e para cima, a fim de dilatar e corrigir o ouvido externo. Em alguns casos, o molde assenta por si próprio no devido lugar; em outros casos será necessário aparafusá-lo. No entanto, é necessário cuidado, pois o canal auditivo pode ficar dorido ou irritado.

aparelho auditivo